Por dentro de uma equipe pró de downhill

Faaaallaaa galera do pedal, tudo belezinha? Já estava com saudades de publicar um texto aqui para vocês. Mas antes de falar sobre um dia de competição de uma equipe profissional de downhill, gostaria de comentar sobre uma iniciativa bem bacana, o BikeeGame. Não sei você, mas já tive a necessidade de conhecer outros grupos de ciclismo espalhados pelo Brasil, mas pesquisa no Facebook, pesquisa no Google e não encontro um site que possua um banco de dados com estas informações. É exatamente esta a proposta do BikeeGame, mapear os grupos de ciclismo deste país de meu Deus, seja de Mountain Bike, de Speed ou Downhill. Então se você já passou por isso e gostaria de ajudar ou até cadastrar o seu grupo, acessa www.bikeegame.com e além de conhecer mais sobre os grupos, estes últimos poderão desafiar uns aos outros em um jogo de inteligência e ação.

Então vamos ao nosso post, monstro do pedal. Recentemente estava pesquisando sobre alguns assuntos e acabei esbarrando em um texto que sempre tive a curiosidade de saber, como será um dia de competição em uma equipe profissional de downhill. Então o site da Redbull bikes veio tirar essa dúvida. Vou reproduzir um pouco do conteúdo aqui e deixar o link para que vocês possam ler por completo o texto.  A equipe é a Gstaad-Scott, comandada pelo lendário suíço Claudio Caluori.

O time é formado pelos seguintes atletas:

  • Brendan Fairclough (Grã Bretanha)
  • Neko Mulally (EUA)
  • Adrien Loron (França)

Diretor Esportivo: Cyril Lagneau

Mecânicos: Ben Vergnaud e Logan Mulally

A esturutura da equipe Gstaad-Scott é um ônibus como base para os atletas e transportar todas as bikes e equipamentos. Ao chegar no local das competições, o espaço transforma-se em area de box mecânico, sala de estar, descanso, cozinha… graças a infra completa do ônibus equipado também com banheiro.

Para ter ideia, a equipe passa mais tempo do ano na estrada do que nas residências de cada um. Felizmente, a temporada 2015 será um pouco mais curta com etapas da Copa do Mundo UCI MTB DH do período do mês de abril à agosto.

Claudio Caluori é o chefe da equipe, motorista

Além de muito equipamento reserva, componentes extras, ferramentas, alimentos, entre outros itens indispensáveis para utilizar nas corridas, os integrantes da equipe precisam conviver com os bastidores do esporte, ou seja, toda roupa suja e o fedor dos equipamentos após os treinos e competições.

Área dos boxes: para preparação e relaxamento

Para cuidar e preparar das bikes, o time conta com dois mecânicos: Ben Vergnaud e Logan Mulally. Vergnaud faz a dupla missão de também ser o motorista, enquanto Mulally (irmão mais novo de Neko), ajuda também na organização e limpeza do espaço.

É muito show, não é?! Confira o texto na íntegra aqui http://www.redbull.com/br/pt/bike/stories/1331729052694/por-dentro-de-uma-equipe-pr%C3%B3-de-downhill

Bota a catraca pra rodar monstro!!!

Fernando Pontes
MTB

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X

Pin It on Pinterest

X